Presente da Aly

Presente da Aly
Lindo! Lindo.

DICAS

Caro leitor ao visitar o blog, seja mais curioso, visite-o com mais curiosidade, nunca leia apenas o texto que encontrar primeiro, muitas vezes logo abaixo você encontrará textos mais interessantes, além disto existem informações sobre o (a) escritor(a) que lhe poderão serem informações valiosas.
Obrigada pela visita e deixe seu comentário.
Volte sempre.
Íris Pereira

A Espera

               Me encontro assim debruçada sobre a mesa, desanimada, desencorajada, fique a espera por horas.
               Cada barulho me fazia pular na expectativa que você entraria e em seus braços me pegaria e sem nada dizer, sem desculpas pedir, e por que pedir? Se o que eu queria mesmo era ter você aqui, assim me pegando, beijando, me querendo, mostrando que o importante é ter vindo, não importa a hora, desculpas pra que se sempre acabo esquecendo toda angustia e medo de não mais tê-lo e ser toda sua, do jeito que gosto. É
tão perfeito todo esse amor, esse desejo, parece uma loucura, só em pensar já fico excitada, nem posso disfarçar, e pra que disfarçar se é disto que gosto. Pra que amarelar se gosto é de avermelhar, pra que retroceder se gosto é de avançar, pra que esfriar se gosto é de esquentar, pra que fugir se gosto é de me entregar. Tudo o que gosto é fazer todo meu corpo arrepiar e sentir você devagar me fazendo esperar, até implorar: Vem me toma de vez, me pega de jeito, me dar esse prazer que só você sabe me dar. Me toma inteira, não me deixe escapar, já que sou sua que seja completa, não deixa falha, faça perfeito como da ultima vez. Me deixe alegre, contente, satisfeita, me faça feliz, realizada e saia de mim o homem por quem espero ansiosa pra próxima hora. Também o faço realizado.
Íris Horizonte

2 comentários:

Cesar Mousinho disse...

Seu blog está muito bonito.
Parabéns.
JcmQueiroz.

Valdir Nazareth disse...

Seu amigo viu apenas a beleza do seu blog, imagine se ele tivesse parado um pouquinho para ler algum texto...
Ele deve ser um crítico muito exigente. Como sei de sua sensibilidade, sei que ficou chateada, mas não fique. Outra dia quem sabe ele se lembrará de voltar e ler algo.
Sou suspeito para lhe criticar pois gosto muito do que você escreve.
Continue, não desista.
Valdir Nazareth

Sobre a Autora

Minha foto
Ribeirão Preto, SP, Brazil
3 partes de uma mulher: Maria da qual escrevo seu passado, seus sentimentos e suas verdades. Irismar já sem a Maria, companheira, amante, irmã, mãe, avó, sogra e amiga. Finalmente Iris a parte que reflete sobre as duas e tenta escrever o que descobre entender destas duas mulheres que são tão diferentes.

Seguidores