Presente da Aly

Presente da Aly
Lindo! Lindo.

DICAS

Caro leitor ao visitar o blog, seja mais curioso, visite-o com mais curiosidade, nunca leia apenas o texto que encontrar primeiro, muitas vezes logo abaixo você encontrará textos mais interessantes, além disto existem informações sobre o (a) escritor(a) que lhe poderão serem informações valiosas.
Obrigada pela visita e deixe seu comentário.
Volte sempre.
Íris Pereira

Aprendendo A Perder e ficando mais segura




                              Como sou criatura extranha, mudo de sentimento assim como o tempo, sinto-me apaixonada quando sou desprezada, ignorada até mesmo menosprezada, ai então choro, me desespero, quero ganhar, corro atrás , não meço esforços, me faço sedutora, viro leoa rujo bem forte pra esta luta ganhar, me transformo em mulher fatal e sei como jogar, sei seus desejos, seus sonhos eróticos e suas taras. Inverto a situação estás em minhas mãos. Me pede e implora pra eu te querer, queres que eu te faças um homem feliz, sou muito capaz de tudo realizar, posso ao céu te levar, de tanto prazer, paixão e tesão, dor e satisfação lágrimas dos teus olhos e gritos da garganta agora tão rouca de tanto pedir: Acabe comigo, mate-me de prazer, mas prometa nunca mais me deixar, arrependido estou, nunca mais quero perde-la. E depois do prazer te olho assim deitado totalmente entregue, levanto bem devagar como não querendo nenhum detalhe apagar, me visto devagar, sem pressa mas ao terminar abra a porta e digo: Não encontrei o porque tanto chorei e tanto te quis. Adeus estou muito feliz finalmente eu sei que sou capaz e encontrarei meu homem certo pra depois do prazer ficarmos juntos e num abraço dormir e sonharmos o mesmo sonho e o mesmo caminho trilharmos.
          Iris Reflete 

2 comentários:

Paulo Laurindo disse...

Doce vingança. Libertadora.

Iris Pereira disse...

...se pudesse transferir para a realidade. Mas se assim fosse eu não teria motivos pra sonhar.
Um beijo carinhoso pra você Paulo que sempre me visita e deixa um mimo.

Sobre a Autora

Minha foto
Ribeirão Preto, SP, Brazil
3 partes de uma mulher: Maria da qual escrevo seu passado, seus sentimentos e suas verdades. Irismar já sem a Maria, companheira, amante, irmã, mãe, avó, sogra e amiga. Finalmente Iris a parte que reflete sobre as duas e tenta escrever o que descobre entender destas duas mulheres que são tão diferentes.

Seguidores