Presente da Aly

Presente da Aly
Lindo! Lindo.

DICAS

Caro leitor ao visitar o blog, seja mais curioso, visite-o com mais curiosidade, nunca leia apenas o texto que encontrar primeiro, muitas vezes logo abaixo você encontrará textos mais interessantes, além disto existem informações sobre o (a) escritor(a) que lhe poderão serem informações valiosas.
Obrigada pela visita e deixe seu comentário.
Volte sempre.
Íris Pereira

Amando Para sobreviver


Amando para sobreviver

             Hoje falei pra uma amiga que ela é má, depois que falamos um pouco sobre isto fui almoçar e como faço na maioria das vezes, fui descansar um pouco em minha rede, mas não consegui nenhum cochilo tirar, eu
fiquei encafifada com aquela historia de ter falado pra uma pessoa que eu acho espetacular, bondosa, alegre,
gentil, senhora de predicados invejáveis de moça bem educada e de berço dourado. Não eu tinha que desfazer isto e botei minha cabeça oca pra pensar, depois de algumas horas cheguei a uma conclusão:
             Quando alguém se apaixona por uma pessoa está jogando suas esperanças na roleta, apostando no destino se vai ser ou não correspondido, mesmo sem ter ainda a resposta vai jogando alto e sonhando, leva adiante a sua paixão, confessa então o seu amor e recebe um grande não, mas isto não o desmotivou, continuou  lutando pra ser reconhecido e talvez  correspondido, mas tudo foi em vão, sua paixão por outro se apaixonou e a ele se entregou de corpo, alma e coração. Esse amor floriu, cresceu, se distanciou, foi pra longe, mas só na distância em estradas e rodovias, porém no seu coração permanecia a imagem da garota que roubara sua esperança de novamente se apaixonar. Ele bem que tentou, casou algumas vezes, também deixou alguns raízes, foi até feliz, mas um lugar não pode ser ocupado por dois seres ao mesmo tempo, seu coração era ocupado por aquele amor que nunca esqueceu e é sua razão de ter a alegria de versos e poesias escrever pra tentar estar um pouco perto dela, pois seu sorriso lhe basta, seu bom dia é uma alegria, sua atenção é como um raio iluminando seu coração. Assim que culpa tem ela? Que maldade pode ter? Se todo amor é dado gratuitamente e sem nenhuma pretensão? Eu aprendi com este caso que só por amar e poder entregar este amor todos os dias e confessar que sem ela não saberia viver, este moço é feliz só por dar sem receber.
               Iris Reflete
RP- 18 de maio de 2010
Repostei este texto em homenagem ao meu amigo e poeta, na época éramos um trio inseparável...Que nos aconteceu?

4 comentários:

Magnólia Fiúza Menezes disse...

Muito bom esse teu texto, você já conhecia a minha opinião!!!
E quem disse que o trio acabou??
Só está falatando é tempo, mas em brave escreveremos coisas bem legais.
beijos

Nirton Venancio disse...

Íris, fiquei muito contento com sau visita ao meu blog. Respondi-lhe por lá. Seguirei você por aqui. Estamos conectados.
Abraços!

lupin disse...

LUPIN ESTEVE AQUI !

Anônimo disse...

oi

Sobre a Autora

Minha foto
Ribeirão Preto, SP, Brazil
3 partes de uma mulher: Maria da qual escrevo seu passado, seus sentimentos e suas verdades. Irismar já sem a Maria, companheira, amante, irmã, mãe, avó, sogra e amiga. Finalmente Iris a parte que reflete sobre as duas e tenta escrever o que descobre entender destas duas mulheres que são tão diferentes.

Seguidores