Presente da Aly

Presente da Aly
Lindo! Lindo.

DICAS

Caro leitor ao visitar o blog, seja mais curioso, visite-o com mais curiosidade, nunca leia apenas o texto que encontrar primeiro, muitas vezes logo abaixo você encontrará textos mais interessantes, além disto existem informações sobre o (a) escritor(a) que lhe poderão serem informações valiosas.
Obrigada pela visita e deixe seu comentário.
Volte sempre.
Íris Pereira

Sanharol - Luiz Lisboa de Morais

E aqui no meu albergue
Vivendo só de lembranças
Ainda tenho esperança
Uma dia eu ou você consegue
Fugir dessa nostalgia
Viver sem melancolia
Se tiver pinga você bebe
Sou forte igual mororó
Bom mesmo é está.
No Sanharol!
Admirando Várzea Alegre

Metre Antônio, Mestre Chagas
Zé de Zé de Juaquim com o caburé
Pra não ficar pra deis na colheita do arroz
A dupla juaquim e Zé André
Todo rítimo se cantava
Baião, xaxado e reggae
Não esquecendo MPB ou forró
Bom mesmo é está.
No Sanharol!
Admirando Várzea Alegre

Louvando todos os Santos
Raimundo, Ciço e Francisco do Canidé
Nunca faltou um mantô
Nunca faltou a fé
O povo é submisso
Faz o maior sacrifício
Por esta fé que vos segue
Carne numa sexta nem que seja se sacó
Bom mesmo é está.
No Sanharol!
Admirando Várzea Alegre

Sei que minha prosa é um fracasso
Pois estas rimas que faço
São triste de causar nojo
Em qualquer um da entojo
Faz qualquer cidadão vomitar
As vezes tento evitar
Mas é uma coisa que mim persegue
Mesmo quando estou só
Bom mesmo é está.
No Sanharol!
Admirando Várzea Alegre

5 comentários:

Iris Pereira disse...

Postei este poema porque gostei muito do estilo e depois porque tenho grande admiração por Luiz Lisboa meu amigo cearense.
Íris Pereira

Magnólia Fiúza Menezes disse...

Ficou muito bom
esse é meu primo o Lisboa.

Arcoiris No Horizonte disse...

que metida!!!!
Agora eu digo : Esse é o meu amigo Lisboa.
Íris Pereira

Luiz Lisboa disse...

Íris e Mag,e eu que pensei que aquele que ler ate o fim vai dizer que tontura!

Arcoiris No Horizonte disse...

Ho! Meu querido, você pode não ter percebido, mas sou tão serena, mulher apaixonada quanto atrevida, louca, manhosa e perceptível, não por que tenho o sétimo sentido, mas por que sei reconhecer o que é bom, bem feito, legal,e principalmente feito com o coração e razão, podemos sim usar os os dois : Razão e coração.
Você é uma criança grande...
Meu beijo
Íris Pereira

Sobre a Autora

Minha foto
Ribeirão Preto, SP, Brazil
3 partes de uma mulher: Maria da qual escrevo seu passado, seus sentimentos e suas verdades. Irismar já sem a Maria, companheira, amante, irmã, mãe, avó, sogra e amiga. Finalmente Iris a parte que reflete sobre as duas e tenta escrever o que descobre entender destas duas mulheres que são tão diferentes.

Seguidores