Presente da Aly

Presente da Aly
Lindo! Lindo.

DICAS

Caro leitor ao visitar o blog, seja mais curioso, visite-o com mais curiosidade, nunca leia apenas o texto que encontrar primeiro, muitas vezes logo abaixo você encontrará textos mais interessantes, além disto existem informações sobre o (a) escritor(a) que lhe poderão serem informações valiosas.
Obrigada pela visita e deixe seu comentário.
Volte sempre.
Íris Pereira

Dalci Brito Siebra - Por A. Morais

Nosso ultimo encontro não foi diferente dos demais. Foi alegre, cheio de aperreações e de risadas recíprocas. Não foi diferente dos outros milhares ocorridos. Dalci era bom, amigo e humilde. Toda família numerosa tem pessoas que se destacam em determinados segmentos da sociedade. Comercio, política, medicina, direito, assim os Brito também se destacaram, e, alguns chegam a falar que existem uns mais importantes que outros. Estou nomeando este detalhe porque Dalci condenava com veemência os que assim pensavam. Dalci era muito família, sabia como ninguém valorizar os laços sanguíneos. Todo dia descia da casa do Pimenta, onde morava para se encontrar com os parentes da Palmeirinha no cruzamento das ruas Santos Dumont e Cel. Luiz Teixeira em Crato, para ter noticias dos seus.
Nosso ultimo encontro foi no dia 20 de Outubro de 2010, em frente a Capelinha do Santa Teresa, numa quarta-feira, por volta das dez horas da manha. Ele voltava e eu ia para o centro, os dois a pé como sempre fazíamos. Quando ele me viu de longe parou e disse rindo: lá vem você com as suas coisas. Conversamos pouco, mas o suficiente para ele me informar que apesar de todos os seus sobrinhos ou todos da sua casa votarem com a Dilma ele votaria com o Jose Serra. Neste curto período de tempo, o seu estado de saúde se agravou. No Domingo, 31 de Outubro, ainda foi cumprir sua promessa. Votou como desejava. E, três dias depois, em 03 de Novembro de 2010 faleceu no Hospital Regional Manuel de Abreu. Dalci soube valorizar os amigos, era a expressão exata da humildade, era um homem honrado e muito feliz.

Nenhum comentário:

Sobre a Autora

Minha foto
Ribeirão Preto, SP, Brazil
3 partes de uma mulher: Maria da qual escrevo seu passado, seus sentimentos e suas verdades. Irismar já sem a Maria, companheira, amante, irmã, mãe, avó, sogra e amiga. Finalmente Iris a parte que reflete sobre as duas e tenta escrever o que descobre entender destas duas mulheres que são tão diferentes.

Seguidores